Natação

Natação Paralímpica

A natação está no programa Paralímpico desde os Jogos de Roma em 1960. Nesta edição, apenas atletas com lesões medulares podiam competir e ao longo dos anos as possibilidades se estenderam para atletas com deficiência físico-motoras, visuais e intelectuais. As primeiras medalhas do Brasil em paralimpíadas ocorreram em Stoke Mandeville (1984), sendo uma de ouro e quatro de prata.

Quem pode participar?

A natação Paralímpica está aberta para a participação de atletas com deficiência físico-motora, deficiência visual e deficiência intelectual. As provas são divididas em classes de acordo com o tipo de deficiência e comprometimento funcional ou visual. As deficiências deverão cumprir os critérios de elegibilidade da classificação esportiva Paralímpica.

Dinâmica da Competição

A piscina paralímpica tem as mesmas medidas que a olímpica: 50m de comprimento e 25m de largura, com 8 raias para competição. As distâncias para as provas variam de 50m a 400m. Os nadadores competem nas provas de nado livre, costas, peito, borboleta, medley e revezamentos.

Horários de Atendimento da Modalidade: Segunda a Sexta das 08:00 às 15:00

Tel: (31) 3409-3337

Email: esporteparalimpicoufmg@gmail.com